Cinco Maneiras De Receber Dinheiro No Youtube


AutoBan Abre Vagas De Emprego Pra áreas De Tráfego E Pedágio Na Localidade De Campinas


Os brasileiros que ganham dinheiro com seus filmes no YouTube faturam menos do que os norte-americanos, contudo isto está mudando. A justificativa disso é que, enquanto aqui o preço pra publicar em um vídeo na internet aumentou, nos EUA, ele caiu. Nos últimos 12 meses, o custo dos anúncios teve queda de cerca de 30% nos Estados unidos, Inglaterra e sudeste asiático, diz David Burch, diretor da empresa TubeMogul. A companhia assistência as marcas a escolher em quais clipes vale a pena pôr publicidade. Uma das maneiras de adquirir anúncios em videos funciona como um mercado aberto -os preços variam de acordo com os acessos e se alteram diariamente.


Os termos do acordo entre o website e os autores dos vídeos variam e geralmente não são divulgados. No entanto o dinheiro que o anunciante paga costuma ser dividido ao meio por essas duas partes. 19,80) pra cada 1 mil visualizações. 13,40), segundo a TubeMogul. O executivo diz que estes valores variam de acordo com a data do ano, contudo a razão principal pro fenômeno é o evento de o número de produtores de tema ter crescido mais do que o volume de acessos.


No Brasil, essa ocorrência não se verifica. Stephanie Horbaczewski, diretora-executiva da rede StyleHaul, que ajuda produtores a conquistar anunciantes, diz que os canais com os quais tem contrato no Brasil viram o número de visitantes únicos triplicar em um ano. Todavia, aqui as taxas que os anunciantes pagam são historicamente mais baixas do que nos EUA. Uma das associadas à StyleHaul, Nina Santina, 19, tem um canal no YouTube em que ensina a fazer penteados e maquiagens. O canal Cozinha para 2 pertence a uma outra rede, chamada Tastemade.


Os vídeos do casal Duca Mendes, 33, e Carol Thomé, 30 ensinam a fazer receitas rápidas. O canal tem 28 1 mil cadastrados e 730 1000 visualizações desde outubro. Thomé conta que assim como lucra com "product placement" (patrocínio em que um objeto pra cozinhar é usado no vídeo). O "youtuber" Eduardo Benvenuti, 27, bem como consegue dinheiro cobrando por tuítes, além de demonstrar alguns jogos perante encomenda.


O canal dele é especializado em games -ele captura as imagens da tela durante o jogo e faz filmes com isso. Os internautas gostam de observar a esse tipo de geração pra ter ideias de golpes e estratégias que podem ser usados nos jogos. 20 mil por mês por isso.


Este valor tem se mantido permanente, apesar de as visualizações terem aumentado (o canal acumula quase setenta milhões). O produtor conta que, no mercado, há gente que não entende ao certo o valor do que ele faz e propõe dar um jogo em troca de patrocínio. Benvenuti assim como é representado por uma rede -ele diz que "gamers" como ele geralmente necessitam estar numa por causa de o portal tem restrições em conexão ao conteúdo que eles postam por dúvidas de direitos autorais. Estas redes (ou "networks", como são conhecidas nesse mercado) costumam ser temáticas.


A Tastemade, por exemplo, junta canais de culinária. A StyleHaul especializou-se em videos de modo e de boniteza. 2,13) por cada 1 mil visualizações. Otávio Albuquerque, 30, diretor da Tastemade. No ano passado, o canal de humor no YouTube Porta dos Fundos ganhava em torno de vinte e três mil novos assinantes por mês, conta Ian SBF, 32, diretor e um dos fundadores. Hoje, este é o volume diário de inscrições. No total, são mais de 3,5 milhões de assinantes e 312 milhões de visualizações.


  • 3 - Otimização da gestão

  • Quantas páginas aparecem nos resultados

  • três - Configurar o WordPress

  • 2 A internet pode ser uma aliada, sendo assim, use-a a teu favor

  • 78% executam pesquisas no Google ao comprar algum artefato

  • Fazer um canal para venda de produtos



Ele não revela os números por um contrato com o YouTube, mas diz que essa receita com "pre-roll" cobre o aluguel de um prédio no Rio de Janeiro e "mais trinta funcionários com carteira assinada e ganhando bem". O diretor do Porta dos Fundos credita o sucesso do canal ao talento do elenco ("pela minha avaliação, é o melhor", confessa) e também ao profissionalismo. Ele reitera que o evento de existir uma regularidade pela veiculação dos videos, que entram no web site sempre às 11h às segundas e quintas-feiras, agrega um valor ao espectador.


Isso por causa de eles criam uma perspectiva pelos episódios da semana, algo ao lado de uma série de Tv. Mendes, do canal de culinária, alega que o espectador vê Tv enquanto faz outras atividades, sem se concentrar muito, mas no YouTube ele pra e assiste. A gerente de parcerias do YouTube para a América Latina, Bibiana Leite, 34, não revela quantos canais brasileiros que ganham dinheiro com as visualizações.


Ela só diz que o número gira pela residência do milhar. Burch diz que esses são os que irão bem. Um milhão por ano. Quando perguntado quem seriam esses, ele deu um modelo: o cantor sul-coreano Psy. O vídeo do hit "Gangnam Style" tem mais de 1,sessenta e quatro bilhão de visualizações -é mais do que a população da China.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *